quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Uma aula fenomenal

Nos últimos dias tive a enorme sorte de assistir a duas aulas dadas pela Consultora de Imagem Lula Kiah, para além de ter tido a oportunidade de almoçar com ela em frente ao mar, numa refeição só a duas onde a conversa e a troca de experiências deixou toda a comida a arrefecer no prato e nos fez perder completamente a noção das horas a passar!


A Lula tem uma empresa - Style Innovators -  que presta serviços de Consultoria de Imagem tanto a outras empresas como a pessoas individuais. Tem escritórios em Nova Iorque, Denver e Chicago e já trabalhou com empresas tão conhecidas como Mary Kay, Macys, Nordstrom, Pepsico, McDonald's e Johnson&Johnson.

E se uma das aulas foi talvez mais prática, mais técnica e com mais partilha de experiências, a outra deixou-me completamente rendida e foi sobre a importância do papel dos pais (PAI & MÃE) na construção da Imagem que os filhos têm de si!



Escusado será dizer que pensei mil vezes na Mimi e no Jaime durante esta aula, no quanto acredito que é importante que as meninas aprendam a ter uma boa Imagem delas mesmas desde pequenas e o quanto é ainda mais importante que entendam que esta Imagem é algo que tem que vir de dentro para fora e não ao contrario! 

Tudo se alimenta a partir de dentro! E não há cremes, cirurgias e closets de sonho que nos façam ter um olhar ou uma Imagem mais feliz se a felicidade não viver já no nosso coração!

Voltando ao tema... fica um resumo baseado nos meus apontamentos de uma aula tão vasta quanto cativante com todas as coisas novas que aprendi ou voltei a descobrir, para pensar e tirar conclusões!

Hoje em dia, e mais do que nunca, o que está a acontecer à nossa volta?

estão a tentar "vender-nos" o conceito de que felicidade = beleza + fama + sucesso + dinheiro e que sem qualquer uma destas parcelas, a felicidade deixa de fazer sentido;

estamos a perder o sentido de beleza e estética em detrimento de um "seguir tendências" desenfreado (é importante alimentarmo-nos e aos nossos filhos com cultura, arte, música... abrir horizontes!);

estamos rodeados de uma cultura em que se quer ter TUDO e a qualquer preço e em que não se quer partilhar nada com ninguém;

cada vez mais somos ensinados a seguir a "lei das maiorias" (se toda a gente faz ou tem eu também quero fazer ou ter!);

MAS ...

porque "um milhão de mentiras não faz uma verdade" é importante:

formarmos em nós e nos nosso filhos um pensamento crítico e estético;

de todas as opções que nos são apresentadas todos os dias, sabermos escolher as que são melhores para nós e com isso, darmos o exemplo a quem nos rodeia;

lembrarmo-nos todos os dias que a liberdade só faz sentido quando nos leva a fazer algo BOM;

E porque é que tudo isto é importante?

Porque a nossa Imagem afeta a forma como atuamos, pensamos e sentimos e também aquilo que os outros pensam de nós e a forma como se relacionam connosco. 

Isto faz com que a nossa Imagem tenha "consequências" à nossa volta! No fundo, nós também "somos aquilo que vestimos"!

E por isso é importante pensar - e que as mães e os pais ensinem as filhas e os filhos a fazê-lo - "que valores, que mensagem transmito para o exterior com a minha Imagem e a minha forma de vestir?" "qual é a linguagem do meu guarda roupa?"

É importante sermos críticas na hora de vestir e ajudarmos os nosso filhos a construir uma Imagem boa, forte e coesa, usando a Moda de forma positiva! 

É também importante que os pais e não só as mães participem deste aspeto da educação dos filhos! - as meninas são fundamentalmente influenciadas pela mãe entre os 2 e os 6 anos (muito através do exemplo, daquilo que vêm a mãe fazer, do modo como a mãe se cuida ou anda vestida tanto em casa como fora de casa, dos pequenos ou grande pormenores que tem com a sua Imagem...) mas daí para a frente (surpresa!) é a opinião do pai que normalmente mais valorizam e que mais peso tem na hora de tomarem uma decisão quanto ao que vestir ou usar! 

No fundo, a mãe sedimenta os princípios, dá as ferramentas, o básico, aquilo que se absorve de forma quase inconsciente mas o pai (o pai!) não deve relegar este papel só para mãe porque a sua influência é demasiado importante e boa! :)











Sem comentários:

Enviar um comentário